pole positions

«Melhorámos imenso o carro ao longo do dia, mas ainda há trabalho a fazer para eu estar completamente feliz», disse o condutor da Brawn. «Parecia-me que havia muito trânsito na pista hoje, por isso preocupei-me em procurar ar fresco», comentou o piloto líder do Mundial. Os próximos testes são no sábado e Button já avisou que «quer a pole

Nico Rosberg foi talvez a maior surpresa da segunda sessão. O alemão intrometeu-se nos lugares cimeiros e com um tempo de 1.35.704 impediu o outro piloto da Brawn, Rubens Barrichello, de atingir o segundo posto nos treinos. «O principal para nós neste momento da época é a consistência entre etapas», disse Rosberg. Para o alemão da Williams, há melhorias na equipa. «Agora vamos para as corridas sem medo de surpresas, como as que tínhamos antes. Aprendemos com os nossos erros do ano passado», declarou Rosberg.

Já era esperado que a Brawn dominasse o fim-de-semana após a vitória moral com a legalidade dos seus difusores, mas a equipa da Red Bull, com Mark Webber e Sebastian Vettel deu luta. .

Por outro lado, o actual campeão do mundo, Lewis Hamilton, parecia ter superado os problemas iniciais da sua equipa e começou bem a preparação, mas depois deixou-se ultrapassar. O inglês fez o tempo mais rápido na primeira sessão, só que perdeu o ritmo e acabou em 13º. «A equipa esforçou-se bastante, mas ainda temos um longo caminho a percorrer», confessou o piloto da McLaren.

Quem também teve problemas na pista foi Kimi Raikkonen, que saiu do traçado por duas vezes. «O motor está demasiado lento para as outras equipas. Temos que continuar a tentar a melhoria do carro. De momento não somos capazes de lutar pelo título», assumiu o piloto da Ferrari.