Gil não está ansioso. O português garante que vai tentar «jogar novamente com personalidade» e dar o melhor dele próprio na terra batida. «Vou fazer aquilo que sei e que depende só de mim», disse. «O adversário que jogue mais do que eu, se quiser.»

Recorde-se que Frederico Gil defrontou Rafael Nadal no dia 30 de Março, no Masters de Miami. Na altura, o português deu boa réplica, mas acabou derrotado em dois sets pelos parciais de 7-5 e 6-3. Desta vez enfrenta um Nadal moralizado por Monte Carlo.

Para chegar à segunda ronda do Open de Barcelona, Frederico Gil (que veio da qualificação) eliminou Yen-Hsun Lu, de Taiwan, por esclarecedores 6-2 e 6-1. Um triunfo esclarecedor, perante um adversário que está melhor cotado no ranking (63º).

«Para já vou tentar saborear a vitória de hoje», garantiu o português aos jornalistas no final da partida. «Estou muito contente com o trabalho mental que fiz de no domingo para hoje e o bom efeito que teve.» Gil garantiu mais vinte pontos para o ranking.