Alves Caetano, que gere os destinos do futebol algarvio desde 2007, obteve 799 votos, correspondentes a 75,4 por cento da votação, contra 256 (24,2 por cento) de votos a favor do antigo guarda-redes internacional português.

Registaram-se ainda dois votos brancos e dois votos nulos.

Alves Caetano deixou depois de conhecidos os resultados «uma palavra de apreço» para a lista liderada por Ricardo Pereira por «ter emprestado uma dinâmica diferente» ao ato eleitoral.

Já o antigo guarda-redes, que entre outros clubes, representou Boavista, Sporting, Vitória de Setúbal e Olhanense, escusou-se a prestar declarações.