«O treinador tem sido fulcral na minha carreira desde a hora em que o conheci, tinha eu 13 anos. Já lá vão mais de vinte! Ele conhece-me melhor que ninguém. A nossa relação sempre foi fantástica e melhora a cada dia», confidenciou o número 11 do Manchester United.

Aos 35 anos, Giggs tem o destaque (individual) que sempre fez questão de partilhar com a equipa. «Sou tão afortunado por ter esta grande carreira que nem vale a pena pensar como teria sido, para mim, sem o treinador», rematou, aludindo novamente a Ferguson.