Paulo Bento, técnico do Sporting, assumiu que a equipa não conseguiu um bom jogo frente à Naval:

«Vitória por números excessivos? Entendo a posição do técnico da Naval. O jogo não foi bonito, nem bem jogado da nossa parte, nem sequer em termos de consistência, mas a nossa vitória é justa. Aceito que, pelo que foi o jogo, e pela atitude da Naval, a vantagem mínima ajustava-se mais ao que aconteceu.»

Enumerando os erros cometidos pela sua equipa:

«Em relação ao último jogo não fomos tão consistente no controlo do jogo e tivemos muitas falhas em termos ofensivos. A pouca qualidade da primeira parte levou a equipa para uma intranquilidade difícil de entender, em função das exibições anteriores e de estar há vários jogos sem sofrer golos. Acabámos por ganhar sem estar à altura da nossa qualidade. A intranquilidade foi mais visível na segunda parte, um pouco pelo que não fizemos na primeira. Tivemos muita dificuldade para circular a bola e cometemos muitos erros técnicos na construção. Isso não se traduziu em oportunidades para a Naval, mas globalmente não fomos uma boa equipa. Fica o resultado, que não deixa de ser o mais importante, mas para ganhar o próximo jogo em Guimarães teremos de jogar melhor do que fizemos hoje.»