A Europa, com o espanhol Sergio Garcia e o sueco Alex Noren em grande plano, recuperou da desvantagem da manhã face aos Estados Unidos e lidera por 5-3 no final do primeiro dia da Ryder Cup de golfe.

No Le Golf National Club, arredores de Paris, jogaram-se os foursomes (tacadas alternadas) e os norte-americanos chegaram a 3-1, para depois os europeus renascerem em força, com quatro triunfos de seguida.

Nota para o sucesso de García e Noren sobre Phil Mickelson e Bryson Dechambeau, por cinco buracos e com quatro por disputar (5 e 4), uma vitória ampla que abriu o caminho a uma recuperação histórica

-

Esta é a segunda vez, desde a edição de 1989, que os europeus arrasam na disputa dos foursomes, uma vantagem que é motivadora, mas não esconde que ainda há em disputa 20 pontos nas jornadas de sábado e domingo.

O inglês Justin Rose e o sueco Henrik Stenson bateram Dustin Johnson e Rickie Fowler (3 e 2), a que se seguiu o triunfo do norte-irlandês Rory McIlroy e do inglês Ian Poulter face a Bubba Watson e Webb Simpson (4 e 2).

O fecho europeu do dia esteve a cargo do italiano Francesco Molinari e do inglês Tommy Fleetwood, ante Justin Thomas e Jordan Spieth (5 e 4).