A decisão foi tomada na reunião do Conselho Superior de Desporto, que durou mais de cinco horas, e está relacionada com o facto de o organismo liderado por Gilberto Madaíl ainda não ter adequado os estatutos ao Regime Jurídico de Federações Desportivas (RJFD).

A Federação Portuguesa de Vela está na mesma situação, e por isso vai perder também o estatuto de utilidade pública. O despacho será redigido «dentro de dois ou três dias», anunciou o Secretário de Estado, em declarações reproduzidas pela agência Lusa.