Alerta: se há fim de semana para reservar o sofá, é este. Além da 11ª jornada da Liga portuguesa (que pode acompanhar aqui EM DIRETO), o menu lá por fora é de luxo. Tem Liverpool-Manchester City, Bayern Munique-Borussia Dortmund, Juventus-Milan ou Betis-Sevilha como cabeças de cartaz e tem muito mais grandes jogos em agenda. E até duas finais: a decisão da Copa Sul-Americana, na noite de sábado, e o título da MLS em jogo no domingo. A gestão de tudo isto não vai ser fácil, mas aqui fica uma ajuda.

Sexta-feira:

Real Sociedad-Leganés (20h00, Eleven1)

A jornada da Liga espanhola mais dividida dos últimos largos anos abre com esta visita da Real Sociedad, na frente a par de Barcelona e Real Madrid (que têm menos um jogo), ao «lanterna vermelha» Leganés, que acaba de mudar de treinador. Os bascos estão a fazer um grande arranque de época e a aguentar o embate, a ver se se mantêm na cola dos «grandes».

Sábado:

Bayern Munique-Borussia Dortmund (17h30, Eleven1)

Antes joga-se o Hertha Berlim-Leizpig (14h30, Eleven1), com simbolismo especial na cidade, no dia que assinala 30 anos da queda do Muro e que chega com o Leipzig a tentar manter-se na corrida pelo topo, quando é terceiro a quatro pontos da liderança. Depois abrem-se alas para Der Klassiker, o grande duelo contemporâneo do futebol alemão. Chega sem nenhum dos clubes na liderança, o Dortmund segundo a três pontos do Gladbach e o Bayern um ponto atrás, ambos aquém das expectativas. A irregularidade na Bundesliga já custou o lugar a Niko Kovac no Bayern, mas é ainda com o interino Hansi Flick na baliza que os bávaros enfrentam um clássico crucial na corrida.

Eibar-Real Madrid (17h30, Eleven2)

A tarde de Liga espanhola começa com o Valência-Granada (15h00, Eleven2), um jogo que promete entre uma equipa «che» com mais valor do que o que diz a classificação e um Granada que é sensação, mas que perdeu os dois últimos jogos, depois de ter chegado à liderança. A seguir entra em campo o Real Madrid, em Eibar e a procurar acertar o pé em casa, depois da demonstração de força a meio da semana na Liga dos Campeões, com a goleada ao Galatasaray. Os merengues estão nesta altura na frente em igualdade pontual com o Barcelona e a Real Sociedad, sendo que têm em atraso o clássico com os catalães.

Leicester-Arsenal (17h30, SportTV2)

Ponto alto do sábado de Premier League, a receção do eufórico Leicester, que chega aqui no terceiro lugar em igualdade com o Chelsea, a um Arsenal que não consegue dar a volta a um progressivo processo de enfraquecimento.  Os «Gunners», que só venceram dois dos últimos nove jogos para a Premier League e vêm de quatro empates seguidos, o último dos quais em Guimarães para a Liga Europa, estão na quinta posição, a seis pontos do quarto lugar.

Barcelona-Celta Vigo (20h00, Eleven1)

É sob enorme pressão que o Barcelona e Ernesto Valverde chegam aqui, depois do embaraçoso nulo a meio da semana com o Slavia Praga para a Liga dos Campeões, que se seguiu à derrota caseira frente ao Levante. Pela frente terão um Celta em zona de descida, que acaba de mudar de treinador, com Óscar Garcia agora no lugar de Fran Escribá.

Independiente Del Valle-Colón (20h30, SportTV2)

Enquanto aquecem os motores para a final da Taça Libertadores entre Flamengo e River Plate, lá para o fim do mês, lugar à final da Taça Sul-Americana, a outra grande competição de clubes do continente. De um lado os equatorianos do Independiente del Valle, que joga a segunda final da sua história, depois de ter estado na decisão da Libertadores de 2016, frente ao Atletico Nacional. Do outro os argentinos do Colón, também eles à procura do primeiro título.

Domingo:

Borussia MGladbach-Werder Bremen (12h30, Eleven2)

O líder em campo, a tentar capitalizar a jornada de duelo direto entre dois dos perseguidores. O Gladbach tem aproveitado os deslizes dos rivais e leva quatro pontos de vantagem na frente nesta altura. Agora o desafio é um Werder Bremen e não vence para a Bundesliga desde meados de setembro. À tarde ainda há o Friburgo-E. Frankfurt (17h00, Eleven2), duelo entre as duas equipas que estão também na luta da frente, iguais nesta altura a Leipzig e Bayern e a quatro pontos da liderança.

At. Madrid-Espanhol (15h00, Eleven1)

O At. Madrid, que só venceu um dos últimos cinco jogos para a Liga, frente a um Espanhol que é penúltimo nesta altura. Num campeonato em que os principais candidatos têm perdido pontos que se fartam, os «colchoneros» estão a apenas um ponto da liderança, mas os sinais não têm sido bons. Menos ainda depois da derrota na Liga dos Campeões a meio da semana frente ao Bayer Leverkusen.

Liverpool-Manchester City (16h30, SportTV1)

Pára tudo. Hora do combate de chefes, o grande frente a frente dos tempos que correm na Premier League. Liverpool-City pode não ter ainda o pedigree de outros grandes clássicos do futebol inglês, mas tem vindo a construí-lo nas últimas temporadas. É o duelo entre as duas melhores equipas da Premier League, entre dois treinadores de topo, e com o título em jogo. O Liverpool lidera desta vez do alto de seis pontos de vantagem, mas isso pode não querer dizer muito. Na época passada o City esteve a sete pontos e foi precisamente com a vitória em casa frente ao Liverpool, no início de janeiro, que começou a dar a volta. Para o repetir agora teria que fazer algo que não consegue há mais de 15 anos: vencer em Anfield. No confronto direto em Inglaterra entre Jürgen Klopp e Pep Guardiola, que já vinha da Bundesliga e também já passou pela Liga dos Campeões, o alemão está em vantagem, com quatro vitórias, duas derrotas e três empates. Mas na época passada o Liverpool não venceu o City em nenhum dos jogos: empatou em casa e sofreu a tal derrota no Ettihad que virou o campeonato. Esta época, a Supertaça sorriu ao Manchester City nos penáltis, depois de um empate a um golo.

Juventus-Milan (19h45, SportTV3)

Um clássico muito longe do que já foi, com a competitividade esbatida nos últimos anos face à hegemonia da Juventus e ao declínio do Milan. Perde quem gosta de futebol e preferia ver maior equilíbrio de forças entre dois grandes, ainda assim é sempre um jogo diferente e uma oportunidade para quem está por baixo puxar pelo orgulho ferido. A Juve chega aqui com o apuramento na Champions já garantido, mas com a liderança da Serie A presa apenas por um ponto de vantagem sobre o Inter. O Milan, que não vence a Juve há três anos e não ganha em Turim desde 2011, está a 14 pontos da «Vecchia Signora», um enorme fosso que dá a medida da distância entre as duas equipas na atualidade.

 Betis-Sevilha (20h00, Eleven1)

O dérbi da Andaluzia, quente e intenso como poucos. Chega com Betis a oito pontos de distância do Sevilha, que é quinto, mas a dar sinais de recuperação depois de um mau início na era pós-Quique Setien. Na ronda passada empatou o Real Madrid e agora receber o arqui-rival, que apostou muito forte esta época mas tem sido irregular e vem de dois empates seguidos. O jogo esse, promete ser o de sempre: imperdível.

Marselha-Lyon (20h00, Eleven2)

O «choc des Olympiques», duelo entre dois dos grandes do futebol francês, ainda que ofuscados nos tempos que correm pela enorme supremacia doméstica do PSG. O Marselha, orientado por André Villas-Boas, está na luta pelos lugares de Liga dos Campeões, quarto nesta altura e a um ponto do segundo lugar, quando o líder PSG já está a oito. O Lyon começou mal a época, mas com a chegada de Rudi Garcia está a recuperar. Vai em três vitórias seguidas, duas para a Liga e o triunfo a meio da semana sobre o Benfica para a Liga dos Campeões, e está na 16ª posição, mas apenas a três pontos de distância do Marselha.

Seattle Sounders-Toronto FC (20h00, SportTV4)

Chega ao fim a MLS, a Major League Soccer, com uma final que é um «deja vu». É a terceira vez nos últimos quatro anos que o título norte-americano se decide entre estas duas equipas, depois de um intervalo na temporada passada, quando o Atalanta United levou a melhor sobre os Portland Timbers. Seattle foi campeão em 2016, Toronto em 2017 e ambos procuram agora o segundo troféu.

Todas as transmissões em direto do fim de semana:

Sexta-feira:

Fenerbahçe-Kasimpasa (17h30, SportTV2)

Colónia-Hoffenheim (19h30, Eleven2)

Sassuolo-Bolonha (19h45, SportTV3)

Real Sociedad-Leganés (20h00, Eleven1)

Norwich-Watford (20h00, SportTV2)

Sábado:

Western United-WS Wanderers (08h30, SportTV3)

Alavés-Valladolid (12h00, Eleven1)

Osnabruck-Estugarda (12h00, Eleven3)

Chelsea-Crystal Palace (12h30, SportTV2)

Nottingham Forest-Derby County (12h30, Eleven2)

Brescia-Torino (14h00, SportTV3)

Hertha Berlim-Leizpig (14h30, Eleven1)

Valência-Granada (15h00, Eleven2)

Preston-Huddersfield (15h00, Eleven4)

Brest-PSG (16h30, Eleven3)

Gaziantep-Galatasaray (17h00, SportTV4)

Inter-Verona (17h00, SportTV3)

Bayern Munique-Borussia Dortmund (17h30, Eleven1)

Eibar-Real Madrid (17h30, Eleven2)

Leicester-Arsenal (17h30, SportTV2)

Mónaco-Dijon (19h00, Eleven3)

Lille-Metz (19h00, Eleven4)

Nápoles-Génova (19h45, SportTV3)

Barcelona-Celta Vigo (20h00, Eleven1)

Independiente Del Valle-Colón (20h30, SportTV2)

Domingo:

Maiorca-Villarreal (11h00, Eleven1)

Ajax-Utrecht (11h15, SportTV2)

Cagliari-Fiorentina (11h30, SportTV3)

Cardiff-Bristol (12h00, Eleven4)

Borussia MGladbach-Werder Bremen (12h30, Eleven2)

At. Bilbao-Levante (13h00, Eleven1)

Antuérpia-Club Brugge (13h30, Eleven3)

Wolverhampton-Aston Villa (14h00, SportTV1)

Lazio-Lecce (14h00, SportTV3)

Wolfsburgo-Bayer Leverkusen (14h30, Eleven2)

At. Madrid-Espanhol (15h00, Eleven1)

Livingston-Rangers (15h00, Eleven4)

Liverpool-Manchester City (16h30, SportTV1)

Friburgo-E. Frankfurt (17h00, Eleven2)

Parma-Roma (17h00, SportTV3)

Genk-Gent (17h00, Eleven3)

Getafe-Osasuna (17h30, Eleven1)

Juventus-Milan (19h45, SportTV3)

Betis-Sevilha (20h00, Eleven1)

Marselha-Lyon (20h00, Eleven2)

Seattle Sounders-Toronto FC (20h00, SportTV4)