Em relação à estratégia colectiva, Hiddink garante que o Chelsea «não vai ser surpreendido em Camp Nou como foi o Bayern». «Não somos equipa para ficar na expectativa. Vai ser um jogo aberto de parte a parte», explicou o holandês, que deixou muitos elogios ao adversário: «Admiro muito a filosofia que o Barcelona conserva há vários anos. Contrata sempre jogadores que jogam por um grande clube e por uma filosofia de jogo, que é muito ofensiva.»