Não foi certamente uma festa com a mesma intensidade da que estava programada para sábado, para o Estádio DSB, que o Vitesse se encarregou de estragar, impondo a terceira derrota na temporada ao AZ (1-2). Um resultado inesperado, uma vez que a equipa conduzida pelo conceituado Van Gaal, tinha perdido os dois primeiros jogos da liga, antes de arrancar para uma série impressionante, com 24 vitórias e 4 empates, sem voltar a perder até ao dia da festa, a tal que acabou por ser adiada.

Veja aqui os golos do resultado mais expressivo do AZ

Matematicamente o Ajax ainda podia chegar ao topo, mas para isso teria de pontuar este domingo, em Eindhoven, em casa do eterno rival PSV. Ao intervalo a equipa de Eindhoven já vencia por 3-0 e a cidade de Alkmaar voltou a preparar-se para a festa que arrancou, há instantes, depois de confirmada a derrota da equipa de Amesterdão (2-6).

Um título histórico para o «pequeno» AZ que contava apenas com um título, conquistado há 28 anos, e que voltou à ribalta sob as rédeas de Louis van Gaal que, curiosamente, esteve para ser afastado no defeso e que só continuou por insistência dos próprios jogadores. Um plantel sem grandes estrelas, mas com um marroquino goleador: Mounir El Hamdaoui. Foi contratado há duas temporadas ao Willem II, mas na primeira temporada demorou a impor-se, somando apenas sete golos. Esta temporada, o possante ponta-de-lança (1,83m e 81kg), explodiu, saltando para o topo da lista dos melhores marcadores com 22 golos.

Um triunfo que também representa o regresso de Van Gaal ao topo depois dos bons anos que somou no Ajax e numa primeira fase em Barcelona, nos anos noventa, antes de ver a sua imagem perder valor na selecção da Holanda e num frustrado regresso ao Camp Nou.

Resultados completos da 31ª jornada

Heracles Almelo-NAC Breda, 4-0

NEC Nijmegen-Roda Kerkrade, 1-1

AZ Alkmaar-Vitesse Arnhem, 1-2

Feyenoord-Twente, 1-0

FC Utrecht-Heerenveen, 2-1

FC Volendam-Sparta Roterdão, 3-0

Willem II-Den Haag, 3-3

PSV Eindhoven-Ajax, 6-2

Classificação a três jornadas do final (dez primeiros): AZ Alkmaar, 76 pontos; Twente, 65; Ajax, 64; PSV EIndhoven e Heerenveen, 58; Groningen, 49; FC Utrecht e NAC, 32; Feyenoord, 41; NEC, 40.