Beto foi operado em Dezembro a esta lesão, mas a evolução não foi a mais indicada e terá que repetir a cirurgia. O comunicado clínico dá conta de «uma nova consulta com o especialista, que decidiu ampliar a intervenção anterior ao anel inguinal, neste caso o esquerdo, para erradicar as queixas que o defesa luso arrastava na sua recuperação.»

Beto deve ser operado na próxima semana e parar um mês.