Iker Casillas foi o melhor, de acordo com a Federação de História e Estatística, pelo quinto ano consecutivo. Vicente Del Bosque recebeu a taça relativa ao melhor treinador do ano, na mesma ocasião.

Apesar de continuar a ser suplente no Real Madrid, Casillas é ainda a primeira escolha na baliza da seleção.