Carlos Pinto deixou de ser treinador do Tondela, anunciou o clube da II Liga, na sequência da goleada sofrida no terreno do Sporting da Covilhã (4-0), em jogo da 10.ª jornada.

«A C.D. Tondela – Futebol, SDUQ, Lda informa que acordou a rescisão de contrato com o treinador Carlos Pinto e sua equipa técnica. A decisão tem por base o insucesso no alcance dos objetivos traçados, mas também o resultado do último jogo do plantel profissional», lê-se em comunicado.

Com Carlos Pinto saem Marco Louçano (adjunto), Pedro Barroso (preparador físico) e Emanuel Konde (treinador de guarda-redes).

Após a goleada sofrida na Covilhã, o Tondela ocupa o 12.º lugar da II Liga, com 14 pontos, menos oito do que o líder, o Freamunde.