Uma decisão tomada um dia depois da derrota no reduto do Vitória de Guimarães B (2-0), a quarta consecutiva para a equipa da Trofa, que ocupa a última posição da II Liga.

Com dezoito pontos ainda por disputar na prova, o Trofense tem treze pontos de desvantagem relativamente ao Sp. Braga B, a primeira equipa fora da zona de despromoção.

Vítor Campelos esteve três meses no comando técnico do Trofense, e somou três vitórias, três empates e onze derrotas.

A equipa fica agora entregue a Vítor Oliveira, que já estava na estrutura, e que inclusivamente já tinha feito a transição entre Porfírio Amorim e Vítor Campelos.