Messi, Luis Suárez e Neymar estão novamente juntos, mas não para jogar. No zoo de Saransk, vivem três pumas, nascidos em 2015, que receberam o nome dos três jogadores e tornaram-se numa das atrações da cidade, que recebe jogos do Campeonato do Mundo.

Esta não é a primeira vez. Com o Mundial da Rússia, o diretor do zoo Pavel Kshnyaykin e o representante do comité organizador Saransk 2018, Alexey Pleshachkov, decidiram dar o nome destes futebolistas a três cachorros recém-nascidos. 

A esperança das autoridades de Saransk era que qualquer um destes três jogadores e suas respetivas seleções, Argentina, Brasil e Uruguai, jogassem no Mordovia Arena, o estádio da cidade. 

No entanto nenhuma das seleções vai disputar uma partida da fase de grupos, do mundial da Rússia, em Saransk. 

O Mordovia arena, vai no entanto, receber outra grande estrela do desporto mundial, Cristiano Ronaldo e o resto da equipa que joga ali dia 25 de junho, frente ao irão.

O diretor do zoo também queria encontrar um animal que adivinhasse os resultados das partidas, como aconteceu com o polvo Paul, no Mundial de 2010, mas a iniciativa não prosperou na cidade.