O encontro terminou empatado a um golo e Toure, internacional pela Guiné, ofereceu a camisola a um adepto. O problema é que…faltava jogar o prolongamento.

 

Assim, o avançado viu-se obrigado a pedir a camisola de volta para jogar mais 30 minutos, num momento, certamente, embaraçoso. «Acho que alguns adeptos estavam a dizer-lhe isso [que havia prolongamento]. Por muito que quisessem a camisola, acho que entendiam que ele precisava dela mais 30 minutos. Bem, foi o que foi. Agora até tem piada», assumiu Mick McCarthy, treinador do Ipswich.

 

Do mal, o menos: o Ipswich esmagou no prolongamento e venceu 4-1.

 

Veja aqui: