Um total de 12 clubes dos escalões secundários de Inglaterra foram multados pela Football League num bolo global de 60 mil libras por usarem onzes mais fracos em jogos do Checkatrade Trophy, uma competição paralela ao campeonato.

As equipas usaram os jogos da prova para rodar atletas, mas isso vai contra as normas vigentes que obrigam a que pelo menos cinco jogadores em campo tenham jogado o encontro anterior e joguem o próximo, exceto em casos comprovados de lesão. Portsmouth, Luton, Bradford, Blackpool, Bristol Rovers, MK Dons, Millwall, Charlton, Peterborough, Sheffield United, Southend e Fleetwood são os emblemas em questão.

A competição integra equipas sub-23 dos clubes da Premier League e clubes do Championship, o segundo escalão, além, claro, dos emblemas dos restantes campeonatos nacionais.

Contudo, é uma prova que não agrada aos adeptos de vários clubes, dado o pouco interesse competitivo. Recentemente, um jogo entre o Portsmouth e o Bristol Rovers teve a pior assistência desde a II Guerra Mundial no Fratton Park.

No passado já aconteceu de, para cumprir as regras, clubes terem substituído o guarda-redes titular logo aos dois minutos.