Uma ideia completamente falhada. Assim pode ser definido o penálti batido pelo jogador paraguaio Bendrix Parra no desempate por penálti na 2.ª mão da primeira fase da Taça Sul Americana.

O jogador dos paraguaios do Independiente FBC aplicou uma panenka ao guarda-redes do Equidad e o resultado não podia ser mais desastroso, ao ponto de este ter mesmo travado o pontapé com o peito.

O pior da história é que o Independiente acabou afastado da prova.

Ora veja o momento: