O jogador passou com sucesso um período experimental no clube e convenceu o treinador Paul Sturrock a oferecer-lhe um contrato para o resto da temporada, conseguindo, assim, realizar o seu desejo de voltar a Inglaterra onde já representou o Portsmouth a título de empréstimo.

«O meu empresário conseguiu abrir-me esta porta para vir para aqui porque estava a precisar de jogar. Rescindi o meu contrato na Grécia e quero voltar para Inglaterra. O Plymouth é uma boa equipa e o treinador quer-me aqui», contou o extremo de trinta anos citado pela Sky Sports.