Big Four

Alan Keen, deputado trabalhista que presidiu à comissão, considerou necessário a introdução de «acções correctivas» para fazer face às «graves debilidades na gestão desportiva e aos desequilíbrios financeiros».

Keen sugeriu que «a falta de uma gestão adequada e a instabilidade financeira são as principais vulnerabilidades de que sofreu recentemente o futebol inglês» e reconheceu que «o mundo financeiro aprendeu uma séria lição» ao longo do último ano. O deputado antevê que o futebol «vá pelo mesmo caminho».

O presidente da comissão explicou ainda que o relatório «inclui medidas duras» com o objectivo de «melhorar o desporto» e «combater o doping financeiro».