O galês Gareth Bale, do Tottenham, pode vir a ser suspenso por ter participado numa partida de pré-época, depois de se ter dado como lesionado para integrar a seleção da Grã-Bretanha nos Jogos Olímpicos. A garantia foi dada esta quarta-feira pelo presidente da FIFA, o suíço Joseph Blatter.

«O princípio é o de que se um clube não libertar um jogador, a federação pode vir à FIFA e nós suspendemo-lo enquanto durar a competição. Até agora, ninguém veio dizer nada, mas é uma possibilidade», esclareceu Blatter depois de saber da utilização do esquerdino por Villas-Boas.

Villas-Boas empata na estreia: polémica com Bale

O extremo, recorde-se, tinha sido convocado para representar a Grã-Bretanha nos Jogos Olímpicos e viria a ser dispensado devido a uma lesão nas costas. Bale, porém, alinhou esta quarta-feira pelo Tottenham frente aos Galaxy, na digressão que a equipa londrina está a fazer nos Estados Unidos.

Ora por isso, caso seja apresentada uma queixa na FIFA, Bale pode ser suspenso até ao dia 12 de agosto, data da final do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos. Seria mais um contratempo para Villas-Boas, que nesta altura não conta com o ausente Modric e o lesionado Scott Parker.