Três jogadores, incluindo dois do Fulham, clube em que atua o português Ivan Cavaleiro, acusaram positivo à covid-19, anunciou esta quinta-feira a Liga Inglesa de Futebol (EFL), organismo responsável pelo segundo, terceiro e quarto escalão desse país.

Em comunicado, a EFL explicou que 1030 jogadores e os respetivos membros das equipas técnicas das três divisões foram testados nos último três dias e que três futebolistas de dois clubes acusaram positivo do novo coronavírus.

O organismo explicou que os jogadores em causa iriam ser afastados das equipas e colocados de quarentena e acrescentou que não iria revelar tanto o nome dos futebolistas como os clubes em causa.

Contudo, minutos depois do comunicado da EFL, o Fulham, terceiro classificado do Championship (segundo escalão), anunciou que, após a segunda bateria de exames, dois jogadores do plantel principal tinham acusado positivo.

«Os jogadores, que continuarão a não ser identificados devido a confidencialidade médica, foram isolados, de acordo com as regras da EFL e do governo», garantiu o Fulham.

Não se sabe ainda quem é o terceiro jogador infetado.

O regresso do futebol em Inglaterra está apontado para a segunda quinzena de junho.