O Manchester City pressionou, depois de almoço o Manchester United entrou em campo e acabou com essa curta aproximação à liderança. Ganhou ao Sunderland por 3-1 e mantém seis pontos de vantagem na frente.

Os «red devils», ainda sem Nani, resolveram cedo o assunto. Van Persie fez o primeiro aos 16m, Cleverley o segundo três minutos mais tarde. A continuar naquele ritmo antevia-se uma goleada, mas depois o United abrandou e o Sunderland conseguiu reencontrar algum equilíbrio. Sem ameaçar, no entanto. Rooney chegou ao 3-0 aos 59m e depois Campbell fez o golo de honra dos visitantes. Sem muito mais história.

Quem vai de mal a pior é o Liverpool. Perdeu em casa, com o Aston Villa, por nada menos que 3-1. O Villa começou a surpreender em Anfield aos 29m, num golo de Benteke. Depois fez o segundo ainda antes do intervalo e, aos 51m, Benteke bisou e chegou ao 3-0. A três minutos do fim, Gerrard fez o golo solitário do Liverpool, que já é 12º.

Há mais uma notícia nesta tarde de Premier League: foi a primeira vitória do Queens Park Rangers, que não teve Bosingwa no jogo em que venceu o Fulham. Taarabt, autor dos dois golos dos Rangers, foi a figura do dia.

Classificação da Liga inglesa

Resultados e marcadores da 17ª jornada:

Newcastle-Manchester City, 1-3

(Demba Ba, 51m) (Aguero, 10m; Javi Garcia, 39m; Yaya Touré, 78m)

Liverpool-Aston Villa, 1-3

(Gerrard, 87m) (Benteke, 29m e 51m; Weimann, 41m)

Manchester United-Sunderland, 3-1

(Van Persie, 16m; Cleverley, 19m; Rooney, 59m) (Campbell, 72m)

Norwich-Wigan, 2-1

(Pilkington, 15m; Hoolahan, 64m) (Maloney. 51m)

QPR-Fulham, 2-1

(Taarabt, 52m e 68m) (Petric, 88m)

Stoke City-Everton, 1-1

(Jones, 52m) (Shawcross 36m pb)

Domingo:

Tottenham-Swansea

WBA-West Ham

Segunda-feira:

Reading-Arsenal

Chelsea-Southampton, adiado