Um golo de De Rossi logo aos 16 minutos (com culpas para Júlio César na baliza) e outro de Luca Toni, aos 73 (no qual o guarda-redes brasileiro também podia ter feito melhor), ditaram a derrota da equipa milanesa, a segunda nas últimas quatro jornadas. Neste período, aliás, José Mourinho conquistou apenas quatro pontos em 12 possíveis, permitindo a reaproximação da Roma, que somou a terceira vitória consecutiva.

Sem Balotelli (ficou fora da convocatória por opção do técnico, pela quarta vez seguida), mas com Quaresma (entrou aos 77 minutos para o lugar de Cassetti) e Sneijder (recuperado), o Inter teve em Etoo e Milito os mais inconformados com a desvantagem no marcador.

O avançado camaronês esteve perto do empate em cima do intervalo, mas acertou no ferro da baliza de Júlio Sérgio, na segunda parte o argentino chegou mesmo a repor a igualdade (66).

Apesar da derrota, o Inter mantém a liderança, com 63 pontos, apenas mais um que a Roma, que está a realizar uma grande segunda volta. O Milan é terceiro com 59, mas ainda joga neste domingo com a Lazio.

Veja os golos:

Resultados e marcadores da 31ª jornada:

Sábado

Roma-Inter, 2-1

(De Rossi, 16; Luca Toni, 73) (Milito, 66)

Palermo-Bolonha, mais tarde

Domingo

Chievo-Parma

Fiorentina-Udinese

Juventus-Atalanta

Livorno-Bari

Nápoles-Catania

Sampdoria-Cagliari

Siena-Génova

Milan-Lazio