Depois da saída de José Mourinho, o Tottenham tem procurado incessantemente um treinador para a nova temporada. De vários nomes apontados, incluíndo os dos portugueses Nuno Espírito Santos e, mais recentemente, Paulo Fonseca, que parece ter chegado a acordo para assinar com os Spurs, um dos de maior destaque foi o de Antonio Conte.

O campeão italiano, que saiu no mês passado do Inter, chegou a ser associado ao clube inglês. Com uma passagem pelo Chelsea, onde conseguiu o título de campeão na primeira temporada, Conte era visto por Daniel Levy, presidente do Tottenham, como o treinador certo para comandar a equipa londrina. 

As negociações entre treinador e clube não chegaram a bom porto devido a dúvidas de Antonio Conte quanto ao projeto desportivo e à qualidade do plantel.

Em entrevista à Gazzetta dello Sport, o treinador italiano contou que «dinheiro não é problema nem obsessão» e afirma não ter problema em recusar propostas.

“De um modo geral, gosto de desafios e tenho já aceitei muitos deles, porque mesmo nos grandes clubes nunca comecei como favorito quando cheguei. Eu olho para os projetos e estou pronto para ficar em casa se eles não me convencerem. Gosto de desafios difíceis, mas se há algo no clube que não me convence, prefiro dizer: não obrigado".

António Conte continua sem clube, depois de se ter despedido do Inter, alegando falta de entendimento quanto à gestão do clube.