Roberto Mancini vai continuar à frente da seleção italiana até junho de 2026, confirmou a Federação Italiana de Futebol (FIGC) em comunicado.

Mancini é selecionador da squadra azzurra desde maio de 2018, altura em que assinou um contrato válido por duas épocas que seria automaticamente renovado caso a seleção se apurasse para o Euro 2020.

Em três anos, o técnico transalpino convocou 76 jogadores para a seleção, 32 deles pela primeira vezes, e estabeleceu um recorde de 11 vitórias consecutivas em 2019, tendo-se ainda apurado para o Euro com 10 vitórias em 10 jogos. Aos todo, Mancini venceu 21 dos 30 jogos que realizou no comando de Itália.