A equipa de Gustavo Quinteros chegou ao primeiro golo aos 23 minutos, num ataque muito bem desenhado pela direita e com finalização do antigo jogador do Sporting Felipe Caicedo já na pequena área.

A Celeste Olímpica empatou quatro minutos depois do intervalo. Um livre marcado para a área e Edinson Cavani a movimentar-se de encontro à bola, interrompendo com um golpe de cabeça um longo jejum pela sua seleção.

No entanto, o empate durou apenas dez minutos. Fidel Martínez fez uma recarga vitoriosa a uma defesa incompleta de Muslera e deu os três pontos ao Equador, que mantém o pleno de vitórias.

O Uruguai é segundo, com seis pontos em nove possíveis.