Artigo original: 21h55

O Monaco foi este domingo derrotado em Bordéus por 3-1, em jogo da 13ª jornada da Ligue 1 francesa. Leonardo Jardim apostou em João Moutinho, Bernardo Silva, Ricardo Carvalho e Hélder Costa no onze inicial, deixando Rony Lopes no banco. Fábio Coentrão e Ivan Cavaleiro falharam o jogo por lesão.

Hélder Costa, avançado cedido pelo Benfica, foi estreia absoluta a titular e acabou por responder da melhor forma, ao marcar o primeiro golo, aos 23 minutos, numa recarga a um primeiro remate de Bernardo Silva.

No entanto, os Girondins reagiram. Viraram ainda na primeira parte, com golos aos 36, por Maurice-Belay, e aos 41, por Yamberé. Sete minutos depois do intervalo, Plasil aproveitou uma perda de bola de João Moutinho para matar o jogo com o terceiro golo.

O Monaco integra o grupo dos sétimos com 20 pontos, a 15 do líder PSG.

Quem se isolou na segunda posição foi o Lyon de Anthony Lopes. Com o guarda-redes português na baliza e Lacazette mais uma vez inspirado com um novo hat-trick (41, 59 e 90), bateu o Saint-Étienne, agora quarto, por 3-0.