Pep Guardiola reagiu nesta sexta-feira à possível violação das normas do fair-play financeiro por parte do Manchester City.

«Se a UEFA decidir que fizemos algo de errado, seremos punidos», disse o treinador catalão, que pediu que o tratamento dado ao bicampeão inglês seja o mesmo que é usado em processos judiciais comuns.

«Sei que as pessoas querem que sejamos culpados, mas somos inocentes até prova em contrário. Hoje somos inocentes.»

Recorde-se que o Manchester City já emitiu uma nota na qual declarou não ter cometido qualquer ilegalidade.