O Manchester City perdeu em St. James Park, casa do Newcastle por 2-1, em jogo da 24.ª jornada da Premier League. 

Com Bernardo Silva no banco - entrou ao minuto 65 - os citizens inauguraram o marcador quando estavam decorridos apenas 25 (!) segundos. Silva antecipou-se a Dubravka e assistiu Aguero para um golo fácil.

No entanto, o conjunto de Rafa Benítez operou a reviravolta na segunda metade. Rondon igualou a vinte e cinco minutos do final após passe de Heyden. Cerca de um quarto de hora depois, Fernandinho perdeu a bola para Longstaff e acabou por cometer grande penalidade. Ritchie bateu Ederson e selou o triunfo dos «magpies».

O Man. City pode terminar a ronda a sete pontos do Liverpool, caso os «reds» vençam o Leicester quarta-feira.

Classificação da Premier League

Após um susto na Taça, o Wolverhampton regressou aos triunfos. Os homens de Nuno Espírito Santo derrotaram o West Ham por 3-0, com todos os golos a serem apontados na etapa complementar. Moutinho assistiu Saiss para o 1-0 (66') na sequência de um pontapé de canto e, a dez minutos do final, serviu Raúl Jiménez para o segundo da noite no Molineux. 

O internacional mexicano selou o bis com classe - picou a bola por cima do guarda-redes adversário - após passe de Diogo Jota. 

Quem também voltou às vitórias foi o Everton. Com André Silva de início, o conjunto de Marco Silva superiorizou-se ao Huddersfield graças a um tento de Richarlison, logo ao minuto três.

Pela primeira vez no reinado de Ole Gunnar Solskjaer, o Manchester United desperdiçou pontos na Premier League. O Burnley esteve a vencer por 2-0 graças aos tentos de Barnes (51') e Wood (81'), mas acabou por permitir a recuperação do adversário.  Pogba reduziu a três minutos do final na conversão de uma grande penalidade e, no último suspiro, Lindelof resgatou um ponto para os «red devils» que não contaram com Dalot.

Quem aproveitou o fim de seis vitórias consecutivas do Manchester United na Liga foi o Arsenal. Os «gunners» receberam e venceram o Cardiff (2-1). Aubameyang inaugurou o marcador no Emirates de penálti e Lacazette confirmou o triunfo do emblema londrino. O melhor que a formação galesa conseguiu foi reduzir no último minuto por 

Nathaniel Mendez-Laing.

Por último, nota para a incrível reviravolta do Fulham ante o Brighton. A perder por 0-2 ao intervalo (bis de Murray), os Cottagers venceram por 4-2. Marcaram Chambers (47'), Mitrovic (58' e 74') e Vietto (79').