«Ele [Townsend] não está a treinar com o grupo e não está disponível para ser convocado. A causa foi o que se passou na segunda-feira. Quando nos portamos mal há sempre um preço a pagar», disse o técnico.

O treinador do Tottenham assinalou que Townsend, de 24 anos, pediu desculpa e reconheceu o seu erro ao empurrar o preparador físico Nathan Gardiner, mas advertiu que é a si que compete decidir quando o médio poderá voltar a treinar com o restante plantel da equipa londrina.

«A disciplina tem uma importância enorme aos meus olhos. Sou justo. Os técnicos devem respeitar os jogadores, mas o contrário também deve acontecer», observou o treinador argentino.