Horas depois de um grupo de adeptos ter prestado homenagem em Milão ao antigo ditador Benito Mussolini, a Lazio emitiu um comunicado a distanciar-se de comportamentos e acontecimentos que considera não ser compatíveis com os valores desportivos defendidos pelo clube.

Na mesma nota, publicada no site oficial, a direção do clube de Roma, refere que os atos foram da responsabilidade de membros isolados.

Sem nunca mencionar a evocação de Mussolini pelos adeptos, a Lazio termina a nota referindo que sempre lutou por valores de respeito e boas condutas.