O avançado do Real Madrid esteve 24 horas detido para interrogatório em Paris no passado dia 5 de novembro. «Eu devia realmente servir de intermediário e facilitar o encontro em Mathieu e Karim Zenati», terá dito Benzema à polícia. «Estou envergonhado por causa do meu amigo, porque quando ele saiu da prisão e, mesmo quando ele lá estava, eu cuidei dele. Nós somos realmente muito próximos».

 

«Tive uma conversa com Zenati sobre a forma de abordar o assunto com Mathieu Valbuena», explicou, segundo a mesma fonte. «O meu objetivo não era que Karim Zenati beneficiasse com isso. Não pensei. Estou chocado, francamente, fico lixado ao ver isto tudo», disse ainda, afirmando ter agido «sem reservas» por se tratar de alguém «sério em quem confiava».

Karim Benzema foi formalmente acusado de «cumplicidade em tentativa de chantagem e participação em associação criminosa» e está proibido de se aproximar de Matthieu Valbuena.