Emre Can não esconde o descontentamento por não ter sido inscrito pela Juventus na Liga dos Campeões e aponta o dedo ao técnico do campeão italiano, Maurizio Sarri.

O médio alemão falou aos jornalistas durante a concentração da seleção germânica nesta quarta-feira, e diz estar «chocado e zangado».

Leia mais notícias sobre futebol internacional.

 

«Não consigo explicar. Recebi uma chamada de um membro da staff [a informar da exclusão] que não durou 60 segundos. É uma grande deceção, devia jogar na Liga dos Campeões. Estou chocado e zangado», disse, citado pela imprensa alemã.

 

Can refere falta de sinceridade do clube e do técnico Maurizio Sarri: «Na semana passada o clube prometeu-me mais, conversei com outras equipas e podia ter disputado a Liga dos Campeões. O treinador não foi sincero comigo. Se soubesse antes, já não jogava na Juventus.»

 

O jogador de 25 anos deixa o futuro em aberto: «Agora vou tirar as minhas conclusões e falar com a equipa e com o meu agente.»

Entretanto, nas redes sociais, Emre Can deixou mais uma mensagem: «Por respeito à Juventus e aos meus companheiros de equipa, cujo sucesso sempre foi a minha prioridade, não vou dizer mais nada e vou continuar a lutar dentro de campo.»

[Artigo atualizado]