Lionel Scaloni e Pablo Aimar vão dirigir a seleção argentina de forma interina, anunciou o presidente da federação, Cláudio Tapia, nesta quinta-feira.

«Os três jogos internacionais que vamos disputar daqui até final do ano vão ser orientados por Scaloni e Aimar, vamos procurar neste semestre alguém que depois conduza [a seleção]», disse o dirigente, citado pelo Olé.

«Acima de tudo, procuramos um projeto, vamos tomar o tempo necessário para eleger bem», prosseguiu.

Leo Scaloni e o ex-jogador do Benfica são atualmente os responsáveis dos sub-20, que neste momento disputam o torneio de La Alcudia, em Valência. Nenhum deles tem experiência de equipa sénior, com o primeiro a ser denominado como o número um da equipa técnica.

A Argentina vai disputar três encontros particulares até dezembro. Em setembro com Guatemala (dia 7) e Colômbia (dia 11) e, por fim, com o Brasil, cuja data está por definir. A federação indica ainda que os dois primeiros encontros não estão totalmente confirmados, embora sejam praticamente certos.