Jürgen Klopp, treinador do Liverpool, aceita que a Bola de Ouro de 2019 tenha sido atribuída a Lionel Messi, mas lamenta que o prémio não tenha sido entregue a Virgil van Dijk e explica a sua desilusão.

«A decisão foi tomada pelos jornalistas e foi assim que as pessoas decidiram. Não é absolutamente um problema», começou por salientar, antes de avançar com a sua perspetiva pessoal.

«Eu vejo as coisas de uma forma ligeiramente diferente. Sinceramente, não me lembro de uma época tão impressionante para um defesa. A Bola de Ouro também ficava bem entregue ao Virgil», acrescentou.

Recordamos que Lionel Messi conquistou a sua sexta Bola de Ouro com apenas mais sete votos do que o defesa do Liverpool, segundo classificado à frente de Cristiano Ronaldo.