O avançado uruguaio Luis Suárez, do Atlético de Madrid, assumiu que gostava de jogar futebol nos Estados Unidos antes de terminar a carreira.

«Há dois anos, quando jogava no Barcelona, teria dito ali [ndr: Estados Unidos]. Mas depois há circunstâncias. Agora que estou aqui [no Atlético] e estou feliz, planeio jogar mais um par de anos, continuar a mostrar. Depois, chegado o momento, chegam outras opções e tens de tomar decisões. Na realidade, é difícil. Gostava de ter a experiência de poder jogar nos Estados Unidos, mas nunca se sabe», disse, em declarações à revista Club del Deportista.

O jogador de 34 anos disse ainda que tinha uma ideia positiva do Atlético de Madrid e que ficou confirmada com a junção ao clube.

«Não me arrependo de vir, quando se fecha uma porta, abrem sete maiores. O Atlético é uma grande família. Há uma competitividade muito sã», referiu o uruguaio.

Suárez cumpre a primeira época no Atlético, depois de seis no Barcelona. Leva 19 golos em 36 jogos em 2020/2021.