Noel Sanvicente, selecionador da Venezuela, disse esta sexta-feira «ser complicado» convocar o hispano-venezuelano Jeffrén Suárez, antigo jogador do Sporting, para a Copa América, que se realiza este ano, uma vez que o extremo não participou nos jogos de preparação para a competição.

Jeffren (ex-Sporting) espera chamada à seleção da Venezuela

«Uma vez que não participou nos jogos de preparação será difícil convocá-lo. No entanto, o compromisso dele com a seleção é evidente. Quer estar aqui e isso é o mais importante. Tenho a certeza que quando vier e vestir a camisola da seleção vai trazer coisas boas», afirmou o selecionador.

Quando confrontado sobre os objetivos na competição, Sanvicente afirmou que tem em mente ganhar a próxima Copa América, mas que o seu grande objetivo é apurar pela primeira vez na história a seleção venezuelana para um Mundial, chegando mesmo a afirmar que trocaria esse feito por dois títulos da Copa.

«Vou jogar a Copa América e quero ganhá-la, é com essa mentalidade que vou, mas também sei que o meu grande objetivo é dar uma alegria aos venezuelanos e chegar a um Campeonato do Mundo», chegando mesmo a afirmar que trocaria dois títulos da Copa por uma presença na fase final de um Mundial.

A Venezuela integra o Grupo C da Copa América, juntamente com Colômbia, Brasil e Perú, sendo que a 44ª edição da prova será disputada entre 11 de junho e 4 de julho.