O jogador do Real Madrid está praticamente recuperado de uma lesão muscular, que o afastou dos relvados nas duas últimas semanas, mas o clube e a seleção decidiram não arriscar, nem obrigar o jogador a viajar.

«O Real Madrid quer aproveitar a paragem para que Bale recupere totalmente a forma. E nós, claro, respeitamos isso. Não gostamos de arriscar com os nossos jogadores. Além disso, o Gareth pertence ao Real Madrid e tem esse compromisso com o clube», disse o  selecionador Chris Coleman.

«O Real Madrid não disse que não o podíamos convocar, mas fazê-lo é o mais inteligente. É bom para ele ficar em Madrid e trabalhar de perto com o staff médico do clube», esclareceu.