Luis Fernandéz admitiu, este domingo, regressar ao mundo do futebol, para se juntar «a um grande clube espanhol», que adiantou «não será o Real Madrid, nem o FC Barcelona.»

«Depois de dez meses com jovens, quero voltar, trazer algo, ajudar. Estar atrás das pickups é bom, mas meu o ADN é o futebol, o campo. Vou juntar-me a um grande clube espanhol. Não será o Real Madrid nem, o FC Barcelona», afirmou em entrevista, ao canal televisivo francês Channel Europe 1.

A imprensa espanhola diz que o clube em causa é o Valencia, que já pretende o treinador francês há algum tempo e que está na iminência de o contratar para coordenador ou diretor desportivo.

LEIA MAIS: todas as notícias de Internacional

O próprio Luis Fernandéz, em declarações à Rádio Marca, admitiu: «Gosto do Valência.»

Com 60 anos, Fernandéz quer continuar no ativo e regressar ao futebol, encontrando inspiração em técnicos da liga francesa: «Vahid Halilhodzic tem 67 anos, Christian Gourcuff tem 64. Ainda posso continuar por quatro ou cinco anos.»

Agora, Fernandéz tem a «opção» tomada, e será revelada «dentro de dez dias», concluiu.