O aqui chamado «caso Valbuena» é a investigação posta em curso pela Polícia de Versalhes sobre uma alegada extorsão ao jogador do Lyon. Em causa estará um vídeo de teor sexual de Mathieu Valbuena e da namorada – cuja existência ainda não foi confirmada. Valbuena terá sido chantageado por causa do vídeo.

Três outros suspeitos são tidos como mandantes da alegada chantagem. Djibril Cissé também chegou a ser detido para interrogatório, mas o jogador francês (em fim de carreira) foi libertado antes sequer de ser ouvido por um juiz. O caso de conspiração para extorsão tem uma pena mínima de cinco anos de prisão em França.

O «caso Valbuena» envolve Benzema no seguimento do que se terá passado numa concentração da seleção gaulesa. Segundo o «L’Equipe», Benzema terá falado do vídeo com Valbuena e o que a investigação francesa tenta apurar é se o jogador do Real Madrid deu algum conselho de amigo ou fez algum incitamento ao pagamento de uma chantagem.

A AP foi a primeira nesta quarta-feira a veicular que Benzema ficaria detido durante a noite. O seu advogado foi ouvido posteriormente. «Karim Benzema está satisfeito por poder pôr fim a esta polémica», disse Sylvain Cormier frisando que o seu cliente «não fez nada que seja motivo do seu arrependimento», como mostra o «L’Equipe».

Benzema está aos 27 anos novamente a responder perante a Justiça depois de já ter sido várias vezes notícia por chocar com a Lei. Os primeiros relatos de problemas fora de campo coincidem com a chegada a Madrid e mesmo não tendo prestado contas legais em todos foi mostrando uma relação pouco feliz com os carros e com a velocidade.

Em dezembro de 2009 passou por cima de uma cerca com um Audi e só parou numa azinheira. Não sofreu qualquer ferimento e o acidente só deixou marcas no carro. Mas, ainda no mesmo mês, quando comemorava o 22º aniversário na Ilha da Reunião, o seu Porsche e um Lamborghini de amigos voltaram a sair da estrada.

Em 2010, Benzema viu um epílogo feliz naquele que terá sido o caso mais sério que enfrentou na Justiça – também em França. Juntamente com Ribéry, o internacional francês do Real Madrid enfrentou um processo por contratação de uma prostituta menor de idade. Ambos os jogadores foram absolvidos porque o Tribunal de Paris considerou que os jogadores desconheciam a idade da jovem.

Em 2011, Benzema voltou a dar nas vistas ao volante e, desta vez, foi punido com 250 euros de multa por condução temerária. As autoridades consideraram que o avançado francês estava a fazer corridas de carros em Ibiza com o seu Porsche e outros dois veículos.

Passados dois anos, Benzema foi detetado por um radar a 216 km/h numa via com 100 km/h de velocidade máxima permitida. O excesso de velocidade ao volante de um Audi deixou o francês sem 18 mil euros e sem carta de condução. Em maio deste ano, quando ainda cumpria a inibição de conduzir, foi apanhado pela polícia a guiar um Rolls Royce; no passado mês de outubro voltou a ser apanhado a conduzir um Audi sem carta de condução – tendo - audiência em Tribunal marcada já para dia 23.