scudetto

O resultado mantém a diferença de dez pontos entre os dois primeiros da série A, mas acaba por adiar a festa do Inter, que se adiantou no marcador aos 64 minutos, por Balotelli, e esteve a vencer até ao período de descontos, altura em que Grygera, na sequência de um canto, fez o golo do empate. A vitória fugiu ao Inter numa altura em que até tinha um homem a mais, por expulsão de Tiago.

Com dois portugueses em campo - Tiago na Juventus, e Figo a cumprir o 100º jogo pelo Inter - a primeira parte foi equilibrada, com oportunidades para os dois lados. A mais clara foi salva sobre a linha de golo por Tiago, logo aos 10 minutos, num remate de Balotelli que Buffon não conseguiu deter por completo.

Mas aos 64 minutos, um contra-ataque conduzido por Muntari permitiu a Balotelli colocar a equipa de Mourinho em vantagem. Aos 75 minutos a tarefa do Inter ficou facilitada quando Tiago viu o cartão vermelho directo, por uma entrada dura sobre Balotelli. Mas a reacção final da Juventus, numa altura em que o Inter parecia gerir a posse de bola com tranquilidade, permitiu à equipa de Ranieri adiar a sentença do título.

Depois de hoje, ficam por disputar 18 pontos. Matematicamente, portanto, a vecchia signora ainda poderá continuar a acalentar esperanças. Mas alguém acredita que o Inter de Mourinho se deixe alcançar até final?

Como espectador privilegiado continua o AC Milan. Os rossoneri estão nesta altura no terceiro posto da tabela, a três pontos da Juventus. Este domingo, recebem o Torino no San Siro.

Um jogo com história

Esta partida coloca frente a frente dois emblemas históricos do futebol italiano. A primeira vez que se disputou um Juve-Inter a formação da casa venceu por 2-0: foi a 14 de Novembro de 1909. O saldo dos confrontos é claramente favorável aos bianconeri: 52 vitórias contra apenas 10 do Inter.

Equipas oficiais:

JUVENTUS: Buffon; Grygera, Legrottaglie, Chiellini e Molinaro (De Ceglie, 64 m); Marchionni (Trezeguet, 75 m), Poulsen, Tiago e Nedved; Iaquinta e Del Piero (Giovinco, 81 m).

INTER: Júlio César; Zanetti, Córdoba, Samuel e Chivu; Figo (Julio Cruz, 88 m), Cambiasso, Stankovic e Muntari (Burdisso, 78 m); Balotelli (Vieira, 77 m) e Ibrahimovic.

Marcadores: Balotelli, 64 m; Grygera, 90 m.