«O presidente Aurelio De Laurentiis sente-se profundamente afectado por esta tragédia e decidiu, como um acto solidário, oferecer os rendimentos do Nápoles-Atalanta às famílias das vítimas do sismo de Abruzzo», assinala um comunicado no site do clube napolitano.

O sismo provocou milhares de desalojados, centenas de feridos e 207 mortos, até ao momento. Na sequência da tragédia, a Federação Italiana de Futebol suspendeu todos os jogos da região de Abruzzo e anulou a tournée da Taça de Campeões do Mundo, que estaria prestes a chegar à localidade.

«Esta é uma tragédia que fere todo o país. O mundo do futebol também deve mostrar respeito», afirmou Giancarlo Abete, presidente da Federação, «Compartilhamos a dor das famílias e não falhamos na hora de dar apoio à população afectada.»

A Fiorentina também já se mostrou disposta a ajudar.