O técnico falha, assim, o próximo jogo da sua equipa, depois de proferir «uma expressão blasfema», no início da segunda parte, frente ao Cagliari, descreve o comunicado do organismo, nesta terça-feira.

Recorde-se que, recentemente, a federação italiana decidiu punir com um jogo de suspensão todos os jogadores e treinadores que blasfemem durante um jogo.

O guarda-redes da Juventus, o internacional italiano Gianluigi Buffon, esteve perto de ser o primeiro castigado, mas não ficou provada a blasfémia no jogo com o Génova.