O plantel da Juventus esteve presente na conferência de imprensa de despedida de Massimiliano Allegri. O treinador, que deixa a equipa após cinco temporadas, foi aplaudido por todos os jogadores à entrada da sala e confessou-se emocionado no momento.

«Deixo um grupo de jogadores e homens extraordinários, que podem continuar a ganhar no futuro também», disse, acrescentando: «Conversámos, discutimos e todos deram a sua opinião sobre o futuro e o que é necessário para a Juve. O clube decidiu que o melhor é que eu não seja mais o seu treinador. Saio na hora certa e da melhor maneira.»

Allegri, que afirmou viver «serenamente» este momento, disse que se sentiu da Juventus desde o momento em que chegou. «Eu era um jovem ainda, eles (jogadores) chamavam-me de corcunda. Ser um 'corcunda' significa ser parte de uma família com mais de 120 anos de história. Ficar aqui fez-me crescer».

Presente na conferência de imprensa esteve também o presidente Andrea Agnelli, que falou sobre o despedimento do treinador, dizendo que «é o momento certo para fechar um ciclo extraordinário», mas garantiu: «Esta foi a decisão mais dolorosa que tomei desde que estou à frente da Juventus».