«Agora estou no Porto e estou tranquilo. Não posso pensar noutra coisa, mas é complicado para quem tem vontade de sair. Penso que isto vai acalmar», disse em entrevista à Sport TV.

Quanto ao jogo com o Paços de Ferreira, concorda que «foi muito difícil», apesar das «muitas ocasiões criadas». O triunfo permite uma vantagem «importante» para os principais rivais, mas o colombiano diz que é preciso continuar a trabalhar da mesma forma. Goleador, Jackson pretende «ajudar a equipa a conquistar vitórias».

Do outro lado, Carlão estava bem menos confiante: «A equipa está de parabéns, apesar de não ter conseguido alcançar objetivo. Demos tudo, agora é levantar a cabeça e seguir em frente. Vamos saber gerir este momento».