O treinador do F.C. Porto, Jesualdo Ferreira, em declarações na sala de imprensa após o encontro da 24ª jornada da liga, frente ao E. Amadora, que os dragões venceram por 3-0.:

«Não entrámos bem, nos primeiros 20 minutos a equipa não encontrou ritmo, também devido a ter jogadores menos rodados e outros fatigados. O Estrela esteve muito bem, é uma equipa digna, e o que se passa com eles não lhes permite mais, se calhar. Mas a partir do 1-0, o jogo ficou mais aberto, permitiu ao F.C. Porto ter o controlo e jogar na transição rápida.»

«Uma segunda parte boa, e com a nossa aceleração foi mais difícil para o Estrela. Os golos apareceram e depois deu para gerir. Com a quantidade de jogos que o F.C. Porto tem e as partidas das selecções, o aparecimento de novos jogadores equilibrou a equipa e o plantel. E o Porto ganha! Houve vinte minutos maus, uma segunda parte, com qualidade e quando assim os adeptos ficam felizes. Queria fazer um registo. Haver 37 mil pessoas pode ser surpreendente. Amanhã é Páscoa, e as pessoas vieram em família festejar mais um jogo.»

«Estamos muito fortes e queremos muito atingir os objectivos. Quando assim é, até a fadiga é mais fácil de ultrapassar.»

sobre se a luta pelo título é uma corrida a dois, agora «O F.C. Porto corre pelo título. É natural que o Sporting e o Benfica marquem uma posição. Temos quatro pontos de vantagem e seis jogos para o fim. Acredito que, até ao fim, pela sua história, o Sporting e o Benfica vão lutar pelo campeonato. Mas nós estamos mais bem colocados, não posso dizer que as coisas estão resolvidas. O futebol tem momentos em que não é lógico. Mas pela classificação, há uns que vão ter mais dificuldades que outros.»