Jesualdo Ferreira, treinador do F.C. Porto, em declarações no final do empate (0-0) no Dragão com o Sporting:

«São dois jogos completamente diferentes. O At. Madrid foi um jogo para a Liga dos Campeões, fora de casa, o Sporting foi um jogo para a Liga, em casa. Foi um jogo quezilento, com pouco controlo emocional e muitas paragens. O Sporting e o F.C. Porto fizeram o quinto jogo esta época, conhecem-se muito bem, há princípios de natureza táctica que são conhecidos de parte a parte e não é possível inventar nada. O factor surpresa não cabe aqui. A carga emocional de um clássico destes é completamente diferente do que seria noutra competição. Há jogadores novos nesta equipa, jogadores jovens e que ainda sentem o peso destes jogos. Na aplicação nada a referir, os jogadores deram tudo, mas aqui e ali não fomos o que devíamos ser em termos de processos.»