«Antes do jogo em Manchester disse que tínhamos muita confiança, muita vontade de fazer um bom jogo. Uma semana depois, temos exactamente a mesma confiança que tínhamos em Manchester antes do jogo. Estamos conscientes da capacidade e qualidade da equipa do Manchester, que terá seguramente as mesmas posições perante o jogo que nós temos», observou o treinador, em conferência de imprensa.

Quando questionado sobre se trocaria de lugar com o treinador do Manchester United, em função do momento da eliminatória, o técnico portista respondeu negativamente: «Porquê? Gosto muito da minha equipa, gosto muito do clube, gosto muito do trabalho que fazemos aqui, não era capaz de dirigir a equipa do Manchester.»