«O Kyle Walker expressou o seu arrependimento por um erro de julgamento quando inalou óxido nitroso anteriormente este ano. O Kyle aceitou este erro. Ele não irá enfrentar nenhuma ação sobre o código de conduta do jogador inglês», disse a FA num comunicado.

Walker, já veio mostrar o seu arrependimento através da sua conta pessoal do Twitter: «Peço desculpas por não ter comentado mais cedo a história sobre mim hoje. Tenho andado a treinar e estou concentrado para o jogo de terça-feira pela Inglaterra. Agora que sei os riscos para a saúde, foi uma má avaliação da minha parte. Não voltarei a fazer isto e espero que mais ninguém seja influenciado a pôr a sua saúde em risco por causa das minhas ações».

O óxido nitroso, popularizado como «gás do riso», é conhecido por deixar quem o utiliza com tonturas que podem levar a náuseas e dores de cabeça. Não é proibido, mas os efeitos secundários podem ir de alucinações até falta de consciência, dano cerebral e até morte, dependendo da quantidade inalada. Em Inglaterra é uma droga com cada vez mais consumidores.